Loading...
21 de setembro de 2012

5s – Autodisciplina ou Shitsuke

Uma vez os quatro primeiros S aplicados na empresa, é chegado o momento de fazer com que tudo isso se torne parte da cultura da empresa e não seja somente “fogo de palha”. Uma vez que todos compreendam a necessidade da aplicação dos 5S e os compreendam tanto individualmente como um conjunto, isso passa a fazer parte da disciplina de cada um e torna-se prática rotineira tanto para a empresa como para os funcionários.
Falamos assim do comprometimento pessoal de cada um em manter as etapas anteriores em pleno funcionamento. Cada um fará então a sua parte independentemente de uma fiscalização ou vigilância. O comportamento estará assim enraizado em cada um, passando assim para a empresa e para todos que por ela passam ou frequentam.
Com os 5S em harmonia, o trabalho flui melhor, com maior qualidade, segurança e produtividade; principalmente por se estar em um ambiente agradável, com relações honestas e harmoniosas. Ninguém quer estragar aquilo que está bem conservado e limpo; seja um bem físico ou mesmo uma relação de trabalho. Passa-se a maior parte do tempo trabalhando, e esse deve ser um local agradável e que facilite o trabalho, e não que atrapalhe mais do que qualquer coisa.
Esse pensamento vem de cima para baixo; assim, gerentes, sócios e proprietários devem ser os primeiros a zelar para que os 5S funcionem bem; dando o exemplo e mostrando as vantagens, para que então cada um compreenda e coloque para si próprio essa disciplina e necessidade.

%d blogueiros gostam disto: