Loading...
6 de março de 2014

Por quê a Execução é tão ou mais importante que a Estratégia?

Execução Gerencial

Muito se fala de planejamento estratégico e sua importância para o desenvolvimento de uma empresa. Entretanto, muitas empresas fazem grandes e brilhantes planos estratégicos, mas passada a fase de desenvolvimento, no momento de executa-lo não conseguem seguir aquilo que se propuseram a fazer.

É preciso além de se planejar, saber como fazer com que tudo aquilo que foi proposto seja seguido e atingido. Assim, um líder necessita estabelecer uma disciplina de execução e segui-la à risca para obter resultados significativos. Para se liderar com eficiência é preciso se envolver no processo como um todo, desde o seu planejamento até o fim de sua execução. De nada adianta ter excelentes ideias se não souber como torna-las reais. Mais uma vez vemos a dificuldade que as pessoas tem para executar e o quanto isso deve ser treinado e compreendido para que se obtenha sucesso nos negócios.

O líder deve ter basicamente sete comportamentos considerados essenciais: conhecer seu pessoal e sua empresa; insistir no realismo; estabelecer metas e prioridades claras; concluir o que foi planejado; recompensar quem faz; ampliar as habilidades das pessoas pela orientação  e conhecer a si próprio. Cada um desses comportamentos é necessário para que se seja um bom líder e saiba mais do que apenas idealizar e delegar; mas realmente fazer parte e compreender o que é feito na empresa.

Estratágia X Execução

Para se executar com excelência são necessários três processos-chave: a estratégia, o pessoal e a operação. Esses processos devem ser ligados e funcionar em harmonia para que a execução seja efetiva.

Um bom planejamento estratégico deve ser aquele no qual os líderes podem se basear para atingir os objetivos propostos e isso se dá através de constante avaliação de como seus elementos estão sendo realizados. Pessoal capacitado, elementos bem definidos, estratégia corporativa, formalização da estratégia adotada. Tudo isso é fundamental para que aquilo que foi definido seja de fácil execução.

Para que se atinja os resultados pretendidos, é necessário dedicação e liderança. A diferença entre empresas que executam e as que falham nesse ponto é a intensidade e rigor que o líder dá a seus processos. Ter um processo estratégico é sim muito importante, mas ele deve estar sempre em evidência para ser seguido, pois de nada adianta um planejamento que não funcione. Foco, conhecimento e pulso firme são assim fundamentais nesse processo.

Tags: