Por quê a Execução é tão ou mais importante que a Estratégia?

Por quê a Execução é tão ou mais importante que a Estratégia?

Muito se fala de planejamento estratégico e sua importância para o desenvolvimento de uma empresa. Entretanto, muitas organizações fazem grandes e brilhantes planos estratégicos e, chegado o momento da execução, não conseguem seguir aquilo que se propuseram a fazer.
Além de planejar, é necessário saber como fazer para que o proposto seja executado. Dessa maneira, um líder necessita estabelecer uma disciplina de execução e segui-la à risca para obter resultados significativos.
Portanto, para se liderar com eficiência é necessário se envolver no processo como um todo, desde o planejamento até a conclusão e mensuração dos resultados, pois de nada adianta ter excelentes ideias se faltar capacidade de colocar em prática.
Mais uma vez, vemos a dificuldade que as pessoas têm para executar e o quanto isso deve ser treinado e compreendido para que se obtenha sucesso nos negócios. A capacidade de fazer acontecer mostra-se cada vez mais como um diferencial competitivo dentre as maiores empresas.
Dentro deste contexto, uma liderança firme e inspiradora é vital pois um  líder de verdade deve ter basicamente estes sete comportamentos considerados essenciais:

conhecer seu pessoal e sua empresa;
insistir no realismo;
estabelecer metas e prioridades claras;
concluir o que foi planejado;
recompensar quem faz;
identificar talentos e desenvolver potenciais;
conhecer a si mesmo

Líderes de verdades trazem consigo essas características e sabem mais do que apenas idealizar e delegar mas realmente trazer resultados e lucros para suas empresas.

Execução em três passos

Para executar, com excelência, são necessários três processos-chave: a estratégia, o pessoal e a operação. Esses processos devem ser ligados e funcionar em harmonia para que a execução seja efetiva.
Um bom planejamento estratégico deve ser aquele no qual os líderes podem se basear para atingir os objetivos propostos. Isso se dá através de uma constante avaliação de como seus recursos estão sendo utilizados.
Pessoal capacitado, elementos bem definidos, estratégia corporativa, formalização da estratégia adotada. Tudo isso é fundamental para que aquilo que foi definido seja de fato executado.
Para se atingir os resultados estabelecidos, é necessário dedicação e liderança. A diferença entre empresas que executam e as que falham nesse ponto é a intensidade e rigor que o líder confere aos processos. Ter um norte estratégico é muito importante, mas de nada adianta um planejamento que não funcione na prática.
Dessa maneira foco, conhecimento e pulso firme são fundamentais para se alcançar resultados concretos.
Precisando de uma consultoria estratégica para impulsionar seu negócio? Fale conosco

Compartilhe isso:

Share on facebook
Share on twitter

Você também vai gostar desses posts

GERALDO VEIGA

Diretor Executivo da Duplo Foco

Diretor Executivo da Duplo Foco
Construiu sua carreira profissional entre São Paulo e Rio de Janeiro, nas áreas de serviços Financeiros, Construção Civil, Bens de Consumo, Telecomunicações e Tecnologia da Informação. Possui mais de 25 anos de atuação empresarial definindo e implantando ações de estratégias empresariais em Marketing e Finanças. Administrador pela Escola Superior de Administração de Negócios (FEI-SP), com MBA em Marketing de Serviços e MBA em Gestão de Negócios TI pela FGV-RJ. É Mestre em Administração de Empresas pelo Ibmec-RJ (MsC) com especialização pela UFRJ- Coope-Crie em Web Intelligence e Analítica de Dados. Atualmente produzindo artigos na linha de pesquisa do campo da gestão e visualização de dados para empresas e novos produtos.

ALCANCE SEUS OBJETIVOS E APRIMORE
A GESTÃO DA SUA EMPRESA
%d blogueiros gostam disto: