Loading...
20 de junho de 2014

Índice de Liquidez

liquide

Para uma empresa é extremamente importante saber o nível em que se encontra e fazer com que se consiga dar continuidade à sua atividade comercial.

Para isso, na área financeira existem índices que servem para indicar se a organização é capaz de honrar suas obrigações, sejam elas com os funcionários, colaboradores e/ou serviços e verbas terceirizadas.

O índice que é aplicado neste caso é o Índice de Capacidade de pagamento, que mede a liquidez da empresa.

Liquidez Geral:

Este tipo de liquidez apresenta a capacidade ou a ausência da organização de cumprir suas obrigações a longo prazo.

Fórmula: Deve-se somar o ativo circulante, mais o realizável a longo prazo e dividi-los pelo passivo circulante mais o exigível a longo prazo.

Liquidez Corrente:

Examina a capacidade  de pagamento da empresa no curto prazo.

Fórmula: O seu cálculo é feito dividindo o ativo circulante pelo passivo circulante.

Liquidez Seca:

Assim como a Liquidez Corrente, examina a capacidade de pagamento em curto prazo, entretanto esta não considera os estoques, que são considerados  como elementos menos líquidos do ativo circulante.

Fórmula: Retirarmos os estoques desse cálculo.

Liquidez Imediata

A capacidade de pagamento é avaliada com o que a empresa dispõe naquele momento. Este índice, com a evolução do mercado de crédito, passou a ter pouca relevância, pois os clientes e consumidores quitariam suas dividas com a empresa, mas não de imediato.

Fórmula: Considera apenas os ativos financeiros disponíveis divididos pelo passivo circulante.

Esses índices se fazem necessários pois de acordo com os resultados e relatórios obtidos através deste é possível, além de identificar a situação da empresa, compreender as diretrizes que a empresa está tomando e com isso aplicar um plano de ação afim de melhorara lucratividade.

%d blogueiros gostam disto: