Como elaborar um Plano de Marketing – Final

Como elaborar um Plano de Marketing – Final

Vimos como construir um plano de marketing, mas e quais as reais vantagens de faze-lo? Ora, para se obter sucesso em seu negócio, é preciso que ele seja conhecido pelas pessoas corretas e gere vendas. Um bom plano de marketing faz esse papel e vimos que não é necessário ter grandes recursos para consegui-lo.
Quando se está começando, ou ainda buscando se estabelecer melhor no mercado, ter muitos clientes não necessariamente é sinônimo de sucesso. Ter poucos – e bons – clientes as vezes é melhor que uma demanda gigante. Esses poucos passam a ser fiéis e chamar outros interessados no mesmo produto/serviço. Além disso, garante um atendimento mais personalizado e satisfatório, o que, por consequencia, trará mais clientes fiéis e interessados. Menos é mais, qualidade ao invés de quantidade: um bom plano de marketing garante isso.
Além disso, para garantir que esse plano funcione e que esses clientes fiéis e interessados apareçam, é necessário ter o cuidado para que, ao chamar atenção ou despertar interesse, se passe as informações necessárias e detalhadas – mas sem exageros – para que o desejo e o consumo existam. Investir em embalagens interessantes ou campanhas inovadoras pode ser uma alternativa. Um bom nome aliado a um bom produto, com boa apresentação costumam ser sinônimo de sucessso. Foque no nicho que pretende atingir, não perca isso de vista. Veja como exemplos a Cacau Show, que segue uma linha de chocolates finos mas com apelo mais popular, com embalagens inovadoras e preços competitivos; e ainda a Häagen-Dazs, que queria se diferenciar no mercado de sorvetes e assim colocou um nome escandinavo para chamar atenção do consumidor.
Uma vez que tenha conseguido atingir a atenção e interesse necessários, descomplique o processo de compra. Clientes que coneguem finalizar uma compra de maneira simples, sem enfrentar stress de estacionamento, filas ou atendimento fraco, costumam voltar – e melhor: recomendar – a empresa que frequentou. Ter clientes fiéis é mais simples que se pensa; basta ter disciplina e planejamento para garantir uma boa experiência de vendas. Clientes bem atendidos e com suas expectativas atingidas/superadas recomendam o serviço para outros que possuem o mesmo perfil e interesse. Ter clientes apóstolos é fundamental para se construir uma boa marca; vide a Apple, que é o que é por ter pessoas que a consomem e divulgam como a ultima maravilha do mundo para os demais.
Foco no que deseja atingir é o ponto principal aqui. Faça um bom planejamento dentro daquilo que pode, sem estourar o orçamento e com resultados visíveis. Basta ter bem claro o que pretende e como pretende. O uso da ferramenta AIDALA é de grande valia nesse processo.

Compartilhe isso:

Share on facebook
Share on twitter

Você também vai gostar desses posts

GERALDO VEIGA

Diretor Executivo da Duplo Foco

Diretor Executivo da Duplo Foco
Construiu sua carreira profissional entre São Paulo e Rio de Janeiro, nas áreas de serviços Financeiros, Construção Civil, Bens de Consumo, Telecomunicações e Tecnologia da Informação. Possui mais de 25 anos de atuação empresarial definindo e implantando ações de estratégias empresariais em Marketing e Finanças. Administrador pela Escola Superior de Administração de Negócios (FEI-SP), com MBA em Marketing de Serviços e MBA em Gestão de Negócios TI pela FGV-RJ. É Mestre em Administração de Empresas pelo Ibmec-RJ (MsC) com especialização pela UFRJ- Coope-Crie em Web Intelligence e Analítica de Dados. Atualmente produzindo artigos na linha de pesquisa do campo da gestão e visualização de dados para empresas e novos produtos.

ALCANCE SEUS OBJETIVOS E APRIMORE
A GESTÃO DA SUA EMPRESA
%d blogueiros gostam disto: